O Projeto Intrépida Plus lança a 1 de fevereiro 21 a formação online em TICs, destinada a mulheres empresárias do Algarve, Alentejo e Andaluzia

PUBLICADO EM:29 de janeiro

Nota de Imprensa

 

A responsabilidade da ação de formação é do parceiro Diputación de Huelva, no âmbito do projeto Intrépida Plus, dirigida a mulheres empresárias das 3 regiões transfronteiriças, visando proporcionar-lhes um maior conhecimento e ferramentas práticas em matéria de comunicação nas redes sociais, no comércio eletrónico e no seu site, reforçando a identidade e os valores da sua marca, da sua empresa e, sobretudo, melhorando a visibilidade feminina no mundo empresarial.

 

O curso terá uma duração de 150H (até 2 de maio21), seguindo uma metodologia adaptada à conciliação familiar e profissional e será ministrado através de uma plataforma eletrónica.

 

O projeto Intrépida Plus teve início em 2019 e continuará a sua atividade em 2021, com um orçamento global de quase 1 milhão de euros, dos quais 75% são financiados pelo Fundo Europeu FEDER, através do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP) – Interreg V-A.

 

Trata-se de um projeto de capitalização do anterior Projeto INTREPIDA, que pretende promover o empreendedorismo e a internacionalização no FEMININO, apoiando as empresárias aderentes nas suas inter-relações comerciais transfronteiriças, partilhando boas práticas e experiências culturais.

 

O projeto visa atingir os seguintes resultados:

- Ganho de visibilidade das empresárias INTREPIDA através da atualização e reedição do Guia online INTREPIDA +

- Aumento da intervenção das empresárias em fóruns de trabalho internacionais

- Atualização e capacitação para a internacionalização

- Inter-relação Portugal/Espanha através da música, cinema, literatura, artes, e participação em eventos, tendo por motor a presença feminina.

 

O Projeto é implementado por uma parceria de 6 entidades públicas e privadas nos territórios transfronteiriços de Espanha e Portugal, a saber: Fundación Tres Culturas del Mediterráneo (Andaluzia); NERPOR-AE – Associação Empresarial da Região de Portalegre (Alentejo); NERE – Núcleo Empresarial da Região de Évora (Alentejo), Diputación de Huelva (Andaluzia), Mancomunidad de Desarrollo Condado de Huelva (Andaluzia) e o Município de Faro (Algarve).

 

Para mais informação visite

SITE: http://tresculturas.org/proyecto/intrepida/

 

CRESC Algarve    Portugal 2020    Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional